PERSPECTIVA

Domingo de Ramos – começa a Semana Santa

Desenho elaborado por  Madame Y ,  baseado na obra

A entrada triunfal em Jerusalém

deBernhardPlockhorst

Museu de Syracuse- New York

Início da Semana Santa. Chamado de Domingo de Ramos porque é recordada, com a benção e procissão de ramos nas igrejas cristãs, a entrada  de Nosso Senhor Jesus Cristo em Jerusalém como está descrito na Bíblia Sagrada em Mt 21, 1-11; Mc 11, 1-11; Lc 19,29-40 e Jo 12,12-19. Simboliza a esperança.

O motivo da visita à cidade era para celebrar a páscoa judaica , isto é, a comemoração da libertação do povo judeu da escravidão em que viviam no Egito. O  povo de Israel comemorava tres grandes festas de peregrinação naquela época: Páscoa, Pentecostes e Tendas. A Páscoa era celebrada com o sacrifício de um animal novo. Celebrada na primeira luz cheia da primavera.

Ingressou na cidade montado em um jumentinho, mostrando ser humilde e manso de coração, no entanto foi aclamado como rei “Bendito aquele que vem em nome do Senhor”(Mt 21,9). Gritavam “Hosana”, um grito de júbilo que era utilizado para saudar a Deus ou ao rei e significa ” salva, ajuda por favor!”Era usado nas festas judaicas como a da Páscoa.

Com esta entrada estava se cumprindo a profecia de Zacarias: “: “Exulta de alegria, filha de Sião, solta gritos de júbilo  filha de Jerusalem: eis que vem a ti o teu rei, justo e vitorioso, ele é simples e vem montado num jumento, no  potro de uma jumenta”.

Imagine-se o que deve ter passado pela cabeça da elite sacerdotal. Verdadeiro horror daquele que entrava como rei na cidade, exatamente como a profecia antecipara. E além disso, como primeira providência promove uma verdadeira limpeza no templo, expulsando os que utilizavam aquele local para negócios, certamente com apoio dos sacerdotes.

A procissão de ramos tem origem no século IV em Jerusalém.Os  ramos que   são abençoados  no domingo de Ramos e que  temos o costume de colocar junto ao crucifixo em casa,  serão incinerados e utilizados na quarta-feira de cinzas do ano posterior. Eles são a origem das cinzas que são usadas na Benção das Cinzas.

Qual tipo de ramo deve ser utilizado? A dúvida é bastante comum, talvez derivada da antífona : “pueri hebraeorum, portantes ramos olivarum …”

Os primeiros cristãos recordavam a entrada de Jesus em Jerusalém com uma celebração no Monte das Oliveiras. Depois, com palmas e ramos de oliveira dirigiam-se à cidade cantando hinos de louvor. Utilizavam ramos da vegetação abundante em sua região, e nós mantendo a tradição, usaremos ramos abundantes em nossa região, não necessariamente oliveiras.

Para ouvir: clique na cifra

link  relacionado:

Quarta-feira de cinzas- Quaresma

Tríduo Pascal

Fonte: Algumas das informações deste post foram retiradas do livro Significação dos símbolos cristãos – Urbano Zilles -Edipucrs

Publicada no dia 16 de março de 2008
About these ads

abril 17, 2011 - Posted by | Geral

1 comentário »

  1. Usam-se também palmas que simbolizam o martírio, nesse caso, de Jesus(Pode-se notar que também os santos – que foram mártires pela fé sempre vem representados com palmas).
    É também tradição queimar destes ramos em ocasiões de tempestade, em honra à Santa Bárbara mártir. Se não acalma a tempestade, acalma nosso espírito com a fé que Deus nos protege.

    Comentário por Nélsinês | abril 17, 2011 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 40 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: